Brasil: São Paulo – Desbravando a capital paulista – parte III

Olá !!!

 

Shame on us de não conseguirmos subir a publicação inteira de São Paulo a tempo de quem estava aqui aproveitar todas as dicas. Mas o mais importante é ela ficar no site e ajudar a todos que querem conhecer um pouco mais a cidade mais agitada do Brasil.

Felizmente conhecemos um montão de coisas aqui, não tudo rs. Para evitar que o último post ficasse enorme, resolvemos que seria melhor fazê- lo em duas partes.

A parte de hoje, para facilitar ainda mais a vida dos viajantes, vamos repartir em regiões da cidade que são bacanas, combinado !?

Bora começar lá pelo centro.

Centro Velho de Sampa

Todo mundo já ouviu falar em Catedral da Sé? Pátio do Colégio ?

Eles estão região central da cidade, facilmente acessíveis pela estação Sé do metrô.

Não é o lugar mais lindo do mundo se levarmos em conta que nos arredores tem pedinte, sujeira, gente malandra… mas faz parte de SP e a gente não pode deixar de escrever aqui.

A Catedral fica praticamente na boca do metrô, de lá a uma curta caminhada você chega no Pátio do Colégio. Do Pátio, se andar mais um pouquinho, tem o belíssimo prédio do Centro Cultural Banco do Brasil (exposições gratuitas maravilhosas) e o famoso Edifício do Banespa (como é conhecido o prédio que por anos foi o mais alto de São Paulo). Quase em frente ao Banespa, fica a Ladeira Porto Geral que ao final de sua descida tem nada mais nada menos do que a Rua 25 de Março, paraíso mor das bugigangas.

Passando pela 25, você estará colado ao Mercado Municipal, vulgo Mercadão. Aprecie sem moderação frutas, pastel de bacalhau, sanduíche de Mortadela e mais uma infinidade de guloseimas que podem ser consumidas lá ou podem ser levadas para casa.

Esse rolê todo pode ser feito durante a semana ou aos finais de semana porém aos sábados e domingos espere encontrar tudo um pouco mais deserto, ok ?

Avenida Paulista

Avenida mais famosa de São Paulo. Palco de manifestações, protestos, festas, ano novo e mais uma porção de eventos.

A primeira estação de metrô da avenida é a Brigadeiro. Desça e faça o percurso a pé até o final.

É longo mas vale a pena. Uma delícia !!! Caminho inteiro plano cheio de lojinhas, bares, restaurantes, shopping, cinema, teatro, museus (Casa das Rosas, Masp, Itaú Cultural são alguns deles).

Jardins

Quando estiver caminhando pela paulista no sentido da Consolação, que corresponde ao seu final, do lado esquerdo fica o bairro dos Jardins.

Algumas travessas da Av. Paulista para este lado esquerdo são famosas pelas lojas de grife como a Haddock Lobo, por exemplo, e pela infinidade de restaurantes legais.

Se estiver no pique de descer uma porção de quadras, vai chegar na nossa rua de comércio chique mais famosa: Oscar Freire.

Melhor passeio de sábado não há por aqui rs. Caminhe sem pressa vendo vitrine, parando em cafés charmosos para uma descansada.

 

Lógico que São Paulo não tem três bairros, a cidade é enorme, milhões de de coisas para fazer, vários lugares fofos e cheios de charme.

O nosso intuito com as postagens sobre a cidade foi mais dar uma visão geral para quem vem passar uns dias aqui. Quanto mais tempo ficar, mais coisas legais têm para fazer.

Se quiser informações mais pontuais escreve para a gente. Maior prazer em ajudar a todos.

No próximo post mais umas diquinhas básicas do que comer e outros lugares para visitar.

Foto (por Demétrius Borges – https://www.instagram.com/demetriusborges/)

Deixe uma resposta