Estados Unidos: road trip pela Califórnia – Parte 2

Olá !!

Como prometido hoje vamos falar um pouco mais sobre nossa viagem de carro pela Califa, contar sobre locação de carro, onde nos hospedamos, onde comemos e o que fizemos.

Primeiramente vamos falar um pouco sobre locação do carro. Nós brasileiros conseguimos alugar carro nos Estados Unidos com a nossa Carteira de Habilitação, não havendo necessidade de tirar a Carteira Internacional. Existem muitas empresas de locação, você pode buscar preços através dos sites de busca como o Decolar, Expedia, Hotwire. Alugue na que for mais conveniente para você. Lembre-se de pagar pelo menos o seguro básico para evitar dores de cabeça.

Carro alugado, tenha em mente que nos Estados Unidos as coisas são um pouco diferentes daqui do Brasil e você vai ter que aprender a se virar sozinho. Como assim ? O abastecimento de combustível do carro é por sua conta, você vai chegar no posto e não haverá ninguém lá para abastecer por você. Mas também não é nenhum bicho de sete cabeças. Você vai parar o carro diante de uma bomba e você tem duas opções: pagar diretamente com o cartão na bomba ou ir na loja de conveniência, dizer o quanto você quer abastecer e aí libera-se a bomba.

Outra coisa que você vai ter que fazer sozinho é calibrar os pneus. Veja bem, normalmente carros alugados vêm prontos para uso e não precisamos nos preocupar, acontece que podem surgir situações inesperadas como a que aconteceu com a gente. O carro dava uma mensagem de pneu baixo. Como estávamos na estrada e ainda íamos continuar muitos quilômetros nela, resolvemos parar para calibrar e aí penamos para entender que além de ter que pagar U$ 1,00 pelo ar, ele não é digital como o nosso. Até agora a gente acha que encheu o pneu apesar da mensagem no carro ter persistido por mais alguns dias kkkkkkk.

Alugamos o nosso carro no Aeroporto de San Francisco. Foi muito tranquilo. Saímos de lá com o GPS programado para ir até a Francis Coppola Winery, que fica em Sonoma. Acontece que chegamos lá bem no feriado de dia do trabalho, para sair de San Francisco e ir para Sonoma a gente precisava cruzar uma das pontes da cidade, na ida foi a Golden Gate, então juntando um sábado de sol + feriado + Golden Gate, acabamos demorando muito mais do que o previsto inicialmente que era uma hora e quarenta.Distância entre San Francisco (Aeroporto) até Francis Coppola Winery (Sonoma): 88 milhas usando a US – 101 North.

Tempo de viagem: entre uma hora e meia a duas horas, sem trânsito.

Estrada: sem pedágios, duplicada, bom asfalto e com bastante movimento nas proximidades de San Francisco. Depois vai bem suave.

Nosso objetivo era chegar na vinícola, dar uma volta e estávamos com reserva no restaurante de lá, chamado Rustic (imprescindível fazer reserva).

Foi exatamente o que fizemos, chegamos uma hora e pouco antes do nosso jantar. Andamos pelas parreiras, demos uma volta nas áreas abertas, visitamos a lojinha, a parte de lazer (sim, nesta vinícola existe uma piscina e cabanas que as pessoas vão para passar o dia. Os preços estão no site e o ambiente parece bem gostoso, se tiver tempo considere a possibilidade de passar algumas horas por lá) e depois fomos jantar.

A comida do restaurante Rustic é bem ok. Não é um cardápio americanizado. Muito pelo contrário são comidinhas mais caseiras com uma pegada meio franco – italiana. Obviamente que os vinhos servidos são da vinícola e você pode deixar para prová-los aqui ao invés de fazer uma degustação propriamente dita. Preços em torno de U$ 40 por pessoa (valores em setembro de 2016).

De lá saímos para Napa Valley onde ficava nosso hotel para a primeira noite da road trip.

Bom, programamos no GPS direto para o hotel e fomos direcionados por uma estrada vicinal. Gente, pensem só, escuro pra caramba, estrada com zero iluminação, um carro passando a cada meia hora, curvas em S a cada meio metro e tudo isso cansada após um vôo de 16 horas no dia anterior. Ainda não descobrimos se existe mais alguma opção para fazer esse trajeto mas se for fazer sugerimos ou chegar cedo na vinícola do Coppola, almoçar e partir para Napa ou então escolher um hotel na região de Sonoma. Pegar essa estrada de noite é a maior furada !!! (Não tem nem acostamento, nem posto de apoio e nem nada).

Distância entre Francis Coppola Winery (Sonoma) até nosso hotel no centro de Napa Valley (Ivy Best Western): 46 milhas usando a CA – 128.

Tempo de viagem: entre uma hora e uma hora e meia, se você pegar de noite vai demorar mais.

Estrada: sem pedágios, uma mão indo e outra vindo, bom asfalto, extremamente sinuosa e sem nenhuma estrutura de apoio ao longo de vários quilômetros.

Próximo post continuamos a viagem em Napa Valley. Continue acompanhando.

Deixe uma resposta